suporte@billboxrecords.com.br (11) 97725-7600 Logout ou Cadastre-se Minha Conta
Blu Note
Product ID: 5967
Product SKU: 5967
New In stock />
Dianne Reeves The Calling Celebrating Sarah Vaughan - Cd Importado

Dianne Reeves The Calling Celebrating Sarah Vaughan - Cd Importado

Estoque: 3 Marca: Blu NoteDisponibilidade: Imediata Referência: 724352769421 Data de Lançamento: 13/02/2001


Por:
R$ 55,00

ou 1x de R$ 55,00 Sem juros
Simulador de Frete
- Calcular frete
Peça já o seu!

Dianne Reeves The Calling Celebrating Sarah Vaughan - Cd Importado

Na sequência do álbum ao vivo, às vezes desigual, In the Moment , Diane Reeves retorna de forma excepcional com um álbum conceitual, The Calling: Celebrating Sarah Vaughan. Um tributo a uma das heroínas lendárias do jazz, The Calling capta os vários humores da cantora que ficou conhecida simplesmente como Sassy , mergulhando nas músicas que o jazz popularizou, incluindo "Lullaby of Birdland" e "Send in the Clowns". Em "Lullaby", Reeves convoca o fantasma de Sassy com frases familiares e uma entrega majestosa e poderosa. Mas é nos números menos conhecidos de Vaughan que Reeves realmente se destaca, tornando os padrões próprios. "Obsession" foi gravada por Vaughan em seu último álbum, Brazilian Romance de 1987. Reeves explora o veículo emocional como uma águia, sobrevoando grandemente o acompanhamento orquestral. Reeves então muda de humor com uma versão íntima de coquetel de "If You Could See Me Now", que inclui um gracioso solo de piano de Mulgrew Miller . "I Remember Sarah" relembra os envolventes "Os cinco primeiros capítulos" do álbum In the Moment de Reeves , mas novamente a excelente orquestra completa (com Billy Childs , Greg Hutchinson, Russell Malone e George Duke) é tão inspirado e exuberante que é impossível permanecer imóvel. Reeves também oferece uma esplêndida versão afro-cubana de "Fascinatin 'Rhythm". Outros favoritos de Vaughan incluem uma deliciosa leitura de "Key Largo" e uma deliciosa exibição de "Eu não tinha ninguém até você", com Clark Terry se juntando com humor. Mais uma vez, isso lembra Vaughan em seu estilo impressionante e impressionante. Reeves obviamente não é um clone de Sarah Vaughan, mas cercando-se de um acompanhamento orquestral gloriosamente realizado e de canções indeléveis de Sassy, ​​ela presta respeito e se destaca.

Veja a relação de músicas em nossa aba tracklist.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    "Lullaby of Birdland" (George Shearing, George David Weiss) - 4:44
    "Send in the Clowns (Stephen Sondheim) - 6:03
    "Speak Low" (Ogden Nash, Kurt Weill) - 6:26
    "Obsession" (Tracy Mann, Danilo Caymmi, Gilson Peranzzetta) - 7:37
    "If You Could See Me Now" (Tadd Dameron, Carl Sigman) - 6:44
    "I Remember Sarah" (Billy Childs, Dianne Reeves) - 4:20
    "Key Largo" (Benny Carter, Karl Suessdorf, Leah Worth) - 4:11
    "I Hadn't Anyone Till You" (Ray Noble) - 5:41
    "Fascinating Rhythm" (George Gershwin, Ira Gershwin) - 5:24
    "Embraceable You" (G. Gershwin, I. Gershwin) - 7:56
    "A Chamada (The Call)" (Milton Nascimento) - 6:17

    Confira os produtos